Como funciona a Internet? Parte 1: O protocolo IP

Assista o vídeo:

Entender como a Internet funciona, ao menos o básico, é importante para podermos cuidar dela e utilizá-la melhor. Esta é a primeira parte do vídeo “Como funciona a Internet”, feito pelo NIC.br. Apresentaremos aqui o protocolo IP, que é a principal base tecnológica da rede.

Verificar em qual porta está um determinado IP – Cisco EEM

Não sei vocês, mas sempre que preciso ver em qual porta do switch um determinado IP está, utilizo o comando “show arp | in x.x.x.x” e na sequência, com o MAC em mãos, uso o comando “show mac ad ad xxxx.xxxx.xxxx”. Apesar de funcionar, são sempre dois comandos para ter o resultado.

Exemplo: Onde está conectado o equipamento com IP 10.10.10.11?

BrainGW01#show arp | in 10.10.10.11
Internet  10.10.10.11            58   649e.f392.8344  ARPA   Vlan10
BrainGW01#show mac ad ad 649e.f392.8344
Mac Address Table
——————————————-

Vlan    Mac Address       Type        Ports

—-    ———–       ——–    —–

  10    649e.f392.8344    STATIC      Gi1/0/11

Total Mac Addresses for this criterion: 1

Como sabem gosto do EEM e das possibilidades que ele nos dá. Então porque não automatizar este processo???

eem

Como não sabia transformar isso em código TCL, permitindo a entrada interativa (o usuário é que informa o IP), pedi ajuda no Cisco Support Community, e um usuário postou a solução.

1) Coloque o seguinte script no bloco de notas e salve com a extensão .tcl (por exemplo, find.tcl).

foreach ip $::argv {
set result [exec “show arp | inc $ip”]if [regexp {[a-zA-Z]+\s+\d+\.\d+\.\d+\.\d+\s+\d+\s+([0-9a-f]+\.[0-9a-f]+\.[0-9a-f]+)\s+ARPA} $result match mac ] {
set output [exec “show mac address-table address $mac”]regexp {(\d+\s+[0-9a-f]+\.[0-9a-f]+\.[0-9a-f]+\s+[A-Z]+\s+[0-9\/a-zA-Z]+)} $output match output
puts “$ip = $output”
} else {
puts “$ip not in arp table”

}}

2) Salve este arquivo na flash do switch utilizando o tftp.

BrainGW01#copy tftp://seuip/find.tcl flash:find.tcl

3) Execute o script para encontrar o IP.

BrainGW01#tclsh flash:find.tcl 10.10.10.11
10.10.10.11 = 10    649e.f392.8344    STATIC      Gi1/0/11

BrainGW01#

Demais não??

Até a próxima.

Autor: André Ortega
Texto original: http://www.brainwork.com.br/

Cisco investirá US$ 1 bilhão para desenvolver computação em nuvem

DSC_0311

A empresa americana de equipamentos de telecomunicações Cisco anunciou nesta segunda-feira que investirá mais de 1 bilhão de dólares nos próximos dois anos para reforçar a presença na área da computação em nuvem (“cloud computing”).

O grupo tem a intenção de criar, em associação com outras empresas, “a maior ‘internuvem’ do mundo”, uma rede que reúna outras redes presentes na internet.

A Cisco deseja ter uma posição para obter lucro com o ‘boom’ dos objetos conectados à internet, que segundo a sua avaliação tem um potencial de 19 trilhões de dólares nos próximos 10 anos.

Entre os sócios mencionados pela Cisco estão o grupo australiano Telstra e a canadense Allstream, a empresa especializada em serviços na nuvem Canopy e a indiana Wipro.

Marco Civil da Internet sofre alterações

Para garantir a neutralidade, o texto que dá ao presidente da República poder para regulamentar as exceções por decreto será modificado

O governo acertou algumas alterações no texto do Marco Civil da Internet para garantir a sua aprovação em plenário na semana que vem. A obrigatoriedade das empresas manterem data centers no Brasil é um dos pontos que foram tirados do texto. Para isso, foi reforçado que as empresas participantes do mercado brasileiro estão sujeitas às leis locais de proteção de dados. Será explicitada também a permissão aos pais para controlarem o material acessado por crianças e adolescentes na rede. Para garantir a neutralidade, um dos pontos-chaves para o governo, o texto que dá ao presidente da República poder para regulamentar as exceções por decreto será alterado. Mas a mudança será apenas formal e o poder para tal continuará nas mãos do chefe do Executivo.

Na mobilização pelo texto atual do Marco Civil da Internet, o governo e entidades da sociedade civil organizam hoje, a partir das 17 horas, uma videoconferência sobre o tema. O debate é organizado pela Secretaria Geral da Presidência da República e pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI). O endereço para acompanhá-lo é o participa.br. Para mandar perguntas, basta usar a hashtag #ArenaNETmundial. O Anonymous e as entidades Abranet (Associação Brasileira de Internet), Abrint (Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações), ABStartups (Associação Brasileira de Startups), Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação) e InternetSul (Associação dos Provedores de Serviços e Informações da Internet) divulgaram nesta semana dois manifestos contra o texto atual do projeto.

PMDB e o volta Lula

Deputados do próprio PT avaliam que peemedebistas da Câmara inconformados com a precária articulação política da presidente Dilma – mas não necessariamente contrários ao governo -, deverão fortalecer o movimento pela volta do ex-presidente Lula.

Projeto regula os usos de maconha

O deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) apresentou ontem um projeto que regula a produção, comércio e consumo de maconha e de derivados de cannabis no Brasil. Para formular a proposta, ele estudou as legislações de Portugal, Espanha, Uruguai e do estado americano do Colorado, além de ouvir entidades antiproibicionistas e pesquisadores. Ele tem estudado o assunto desde 2011 e diz que o projeto, de 60 páginas, não é a “liberação” do uso da substância. Para Wyllys, o projeto é uma resposta à “guerra às drogas”, concebida nos Estados Unidos, que, segundo ele, tem provocado o encarceramento e homicídios principalmente entre jovens pobres e negros.

O chá da Dilma

No seminário “Diálogos para o Futuro”, da revista Carta Capital, no qual era esperado ontem o ministro da Fazenda, Guido Mantega (ele teve uma reunião de emergência, segundo assessores), fez sucesso a distribuição ao público do chá “Dilmah”. A propaganda diz que é produzido por uma família, há seis décadas, em Ceylon, no Sri Lanka.

Rillo será líder do PT na Assembleia de São Paulo

O deputado João Paulo Rillo, de São José do Rio Preto, será o novo líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa paulista. Filho do vereador petista Marco Rillo, aos 18 anos, se tornou o presidente de diretório do PT mais jovem do Brasil. Começou na política no movimento estudantil e atuou em movimentos culturais. Foi vereador e, em 2008, disputou a eleição a prefeito em Rio Preto. Ficou em segundo luga

Roteadores não aumentam velocidade da sua internet

Roteadores não aumentam velocidade da sua internetMuitos usuários ficam em dúvida na hora de comprar um roteador wireless, há vários modelos e marcas no mercado, porém, o que devemos deixar bem claro é que nenhum roteador aumenta ou diminui a conexão de internet do usuário. A velocidade de internet está vinculada diretamente a sua prestadora de serviços.

Segundo o site Wikipédia um roteador é:

Roteador é um dispositivo que encaminha pacotes de dados entre redes de computadores, criando um conjunto de redes de sobreposição. Um roteador é conectado a duas ou mais linhas de dados de redes diferentes. Quando um pacote de dados chega, em uma das linhas, o roteador lê a informação de endereço no pacote para determinar o seu destino final. Em seguida, usando a informação na sua política tabela de roteamento ou encaminhamento, ele direciona o pacote para a rede de próxima em sua viagem. Os roteadores são os responsáveis pelo “tráfego” na Internet. Um pacote de dados é normalmente encaminhado de um roteador para outro através das redes que constituem a internetwork até atingir o nó destino. E portanto o roteador é tipicamente um dispositivo da camada 3 do Modelo OSI.”

Portanto nobre amigo, não pense que se comprar um roteador de 300MB/s, aqueles 2mb que você paga pra sua operadora, NUNCA irão se transformar em uma conexão de 300MB/s.

Como a definição disse, os 300mb/s do seu roteador será usado para a transmissão de pacotes de um ponto ao outro, ou seja, de um dispositivo ao outro. Dentro da sua rede interna.

Autor: Denis Katko
Texto original: http://www.tiespecialistas.com.br/

Next Page →