O Ransomware consegue capturar arquivos na nuvem?

A realização de backups periódicos é uma das boas práticas para se evitar a dor de cabeça com o ransomware. Para realizar esses backups, muitas empresas e usuários estão contando com as facilidades dos serviços em nuvem, como Dropbox, Google Drive e outros.

O problema é que os criminosos que realizam os golpes de ransomware sabem que empresas e até pessoas físicas estão utilizando a nuvem como forma de backup para mitigar o ransomware. Eles também estão cientes de que, se executarem um ataque e a vítima tiver backup dos arquivos, a probabilidade de conseguir receber o resgate é quase nula. Com isso em mente, eles tentam encriptar os arquivos na nuvem antes mesmo de pedir qualquer resgate. Para fazer esse tipo de operação, os criminosos vão atrás das credenciais armazenadas do usuário. Se essas credenciais são obtidas, então o ransomware consegue facilmente encriptar o backup que está na nuvem.

Então, respondendo à pergunta inicial: sim, o Ransomware consegue encriptar (e muito facilmente) os arquivos que estão na nuvem.

Apesar da crescente complexidade dos métodos e da grande quantidade de alvos, os malwares de ransomware continuam sendo primariamente entregues via email phishing ou em sites comprometidos. Para bloquear essas variantes de malware, garanta que os emails sejam escaneados contra links maliciosos, assim como anexos suspeitos.

Consulte a RJ Network para não correr o risco de perder seus arquivos, dados e colocar em risco a saúde financeira da sua empresa. Temos a solução ideal e personalizada para sua empresa.

Fonte: Redator

Comments

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.